Avaliação na educação física escolar: possibilidade de uso do instrumento GPAI na leitura do comportamento técnico-tático individual nos jogos esportivos coletivos de invasão

DSpace/Manakin Repository

Avaliação na educação física escolar: possibilidade de uso do instrumento GPAI na leitura do comportamento técnico-tático individual nos jogos esportivos coletivos de invasão

Show full item record

Title: Avaliação na educação física escolar: possibilidade de uso do instrumento GPAI na leitura do comportamento técnico-tático individual nos jogos esportivos coletivos de invasão
Author: Dürks, Daniel Bardini
Abstract: O movimento renovador da Educação Física (EF) brasileira no final do Século XX permitiu a “abertura” acadêmica da área para novos tipos de abordagens no contexto educacional, superando o paradigma exclusivamente biologicista e mecanicista. Um dos movimentos paralelos de renovação, iniciado no contexto internacional, é referente ao ensino dos jogos esportivos coletivos (JEC) através da compreensão tática, o qual visa superar o modelo tradicional (mecanicista e técnico) dos esportes. A mudança de paradigma intensificou a problemática avaliativa dos JEC na escola. Vejamos que, normalmente, a avaliação do componente curricular de EF, enfatiza os aspectos tradicionais da área (e dos JEC), isto é, a avaliação se restringe a “examinação” de aspectos mecanicistas (avaliando gestos técnicos padronizados ou mais próximos do modelo ideal de perfeição) e biologicistas (através de testes de aptidão física) ou senão a aspectos atitudinais (disciplinares). Uma das possibilidades superadoras para reinventar a avaliação da EF no contexto escolar, é a utilização de instrumentos específicos para as diferentes práticas corporais. No contexto dos JEC um dos instrumentos idealizados para isso é o Game Performance Assessement Instrument (GPAI), o qual pode ser utilizado para diferentes esportes de invasão. Esses instrumentos, apesar de referendados pela bibliografia da área, são pouco utilizados na prática pelos professores de EF escolar. Diante disso, a pesquisa teve como objetivos: compreender como os professores avaliam as aprendizagens em suas aulas e analisar a possibilidade de uso do GPAI no contexto da prática escolar. Participaram quatro professores de EF, os quais realizaram sua formação inicial entre os anos de 2005 a 2010 na Unijuí. Foi realizada a capacitação inicial com cada professor para a compreensão entorno do uso do GPAI. Os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas ao longo de cada unidade didática. Os resultados indicam que os professores buscam instrumentos tradicionais nas demais disciplinas (provas e trabalhos) para avaliar as aprendizagens, mas ainda sim, condicionam a avaliação com a perspectiva da “examinação” isto é, em mensurar uma nota ao aluno. Em relação ao instrumento GPAI, os professores relatam que o seu uso potencializa o acompanhamento dos alunos durante as aulas, auxiliando a determinar objetivos para observação e a perceber a possibilidade de progressão para um conteúdo mais complexo, intensificando em seus diálogos as perspectivas da avaliação diagnóstica e formativa. Em relação aos fatores que dificultam a utilização do GPAI, segundo os professores, há dois fatores externos ao instrumento: a) número excessivo de alunos para se observar in vivo; b) tempo escasso para o planejamento; e um fator interno: c) dificuldade para criar critérios de observação relativos aos componentes do GPAI. Além do mais, os professores compreendem que as informações coletadas através do GPAI são pertinentes para avaliar os alunos, no entanto somente com a experiência durante um período de tempo maior é que poderão potencializar o seu uso. Por fim, o uso de instrumentos (como o GPAI) permite a reflexão permanente do professor em relação ao processo de ensino-aprendizagem, utilizando a avaliação como forma de acompanhamento da progressão do aluno e não apenas com a finalidade de atender a demanda da “nota” através da “examinação”. Contudo, essa perspectiva ainda está longe do cotidiano escolar e recente de um número maior de estudos que visem não somente as críticas em como os professores avaliam, mas também, na contextualização de propostas emergentes que possam auxiliar na disseminação de práticas inovadoras em EF no contexto escolar.
Description: 69 f.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1258
Date: 2012-10-18

Files in this item

Files Size Format View Description
Daniel Dürks. tcc.pdf 806.8Kb PDF View/Open Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account