Os efeitos das diferenças de genêro no processo de desenvolvimento motor de escolares nos anos iniciais

DSpace/Manakin Repository

Os efeitos das diferenças de genêro no processo de desenvolvimento motor de escolares nos anos iniciais

Show full item record

Title: Os efeitos das diferenças de genêro no processo de desenvolvimento motor de escolares nos anos iniciais
Author: Mazzonetto, Aline
Abstract: A pesquisa consiste na análise dos efeitos das diferenças de gênero no processo de desenvolvimento motor de meninos e menina nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Seu objetivo é perceber se existem diferenças motoras nos escolares, se estas proveem da cultura corporal apresentada de maneira diferenciada a meninos e meninas e ainda como o processo pedagógico auxilia a ampliação e/ou diminuição destas diferenças. Sendo uma pesquisa qualitativa de corte etnográfico, fez-se uso da observação participante por meio de análises, anotações de campo, entrevistas, filmagens e fotografias. Os sujeitos participantes do estudo foram 15 alunos do 2º ano do Instituto Estadual de Educação Madre Tereza e sua professora de Educação Física. Primeiramente foi realizada a observação participante das aulas de Educação Física, pela qual analisamos ações dos alunos e do professor. Em seguida foi realizada a entrevista semiestruturada com a professora, visando a entender como realiza o planejamento de suas aulas, o porquê das atividades desenvolvidas no decorrer do processo de observação, assim como o porquê do método de ensino utilizado, quais as atividades preferidas de meninos e meninas, o que os auxilia nesta escolha, além da influência das atividades desenvolvidas nas aulas no processo de desenvolvimento motor dos sujeitos, e ainda como percebe a construção dos estereótipos de gênero no ambiente escolar. Logo, mediante a aplicação e análise do teste motor segundo a matriz desenvolvimentista de Gallahue e Ozmun (2005), pudemos constatar o nível de desenvolvimento motor de meninos e meninas, pontos de igualdade e diferenças. Ao fim da pesquisa percebemos que os escolares recebem sim muitos incentivos à ampliação das diferenças de gênero na escola, e que o professor, apesar de entender a importância de problematizar o assunto, quando tem oportunidades de fazê-las não a faz, no entanto ministra aulas mistas de Educação Física, incentivando meninos e meninas a realizarem as mesmas atividades. Apesar disto, porém, encontramos uma vantagem de desenvolvimento motor nos meninos nos movimentos locomotores e manipulativos e nas meninas nos movimentos estabilizadores, o que vem ao encontro da bibliografia estudada e com os aspectos culturais esperados por nossa sociedade. Com isso percebemos que os sentidos de gênero são auxiliados pela professora, mas que as diferenças motoras já provêm das experiências e determinações que são empregadas aos gêneros anteriormente, uma vez que o incentivo para o desenvolvimento de habilidades durante as aulas é aplicado de maneira igual.
Description: 79 f.
URI: http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/1276
Date: 2013-01-25

Files in this item

Files Size Format View Description
aline mazzonetto TCC.pdf 2.489Mb PDF View/Open Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account