Avaliação de cultivares de trigo indicadas para o cultivo no Estado do Rio Grande do Sul

DSpace/Manakin Repository

Avaliação de cultivares de trigo indicadas para o cultivo no Estado do Rio Grande do Sul

Show full item record

Title: Avaliação de cultivares de trigo indicadas para o cultivo no Estado do Rio Grande do Sul
Author: Mafalda, Itamar Uhde
Abstract: O melhoramento genético busca desenvolver cultivares de trigo adaptadas à região Sul do Brasil por ser esta uma importante opção de inverno. Procura-se obter cultivares com altos rendimentos e com resistência às principais moléstias, que se adaptem às diferentes regiões e tenham alto valor de panificação. O presente trabalho teve como objetivos avaliar o desempenho de cultivares de trigo recomendadas para o cultivo no Estado do Rio Grande do Sul. Foram estudados os seguintes caracteres: rendimento de grãos, peso do hectolitro, estatura, percentagem de acamamento de plantas e dias da emergência a floração. O estudo foi conduzido no Instituto Regional de Desenvolvimento Rural (IRDeR) DEAg/UNIJUI, sendo avaliadas 32 cultivares de trigo, com quatro repetições, em parcelas de 5m². Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de comparação de médias de Scott e Knott ao nível de significância de 5%, e também análise de contribuição relativa e distância genética por Tocher. Quanto à produtividade, as cultivares com melhores rendimentos de grãos foram Quartzo e TBIO Sinuelo, não diferindo entre si estaticamente, tendo um rendimento, respectivamente, de 3510kg.ha-1 e 3377 Kg.ha-1. O menor rendimento ficou com a cultivar, CD 124 com 2037kg.ha-1. Quanto ao PH, a cultivar que se destacou foi a Turquesa, com PH de 77, embora sem diferir de outras dezesseis cultivares; a estatura maior foi alcançada com a cultivar TBIO Iguaçu com 92,25 cm e a menor estatura ficou com a cultivar BRS Guamirim com 70 cm. As cultivares que mais acamaram foram TEC Triunfo e TBIO Pioneiro com índice de acamamento de 86,25 e 76,25 %, respectivamente. O período entre a emergência e o florescimento foi de 81 dias para a cultivar Marfim sendo o maior, a cultivar TBIO Tibagi foi o menor com 65 dias.
Description: 38 f.
URI: http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/1540
Date: 2013-03-15

Files in this item

Files Size Format View Description
TCC Itamar Mafalda.pdf 717.4Kb PDF View/Open Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account