A gestão social no território da cidadania Noroeste Colonial do Rio Grande do Sul

DSpace/Manakin Repository

A gestão social no território da cidadania Noroeste Colonial do Rio Grande do Sul

Show full item record

Title: A gestão social no território da cidadania Noroeste Colonial do Rio Grande do Sul
Author: Deckert, Cristiele Tomm
Abstract: Com o intuito de identificar e analisar a efetividade da gestão social com cidadania deliberativa nos Territórios da Cidadania Noroeste Colonial (TC-Norc), a pesquisa traz os seguintes objetivos específicos: (a) mapear e analisar políticas públicas concebidas no âmbito do TC-Norc; (b) descrever e analisar quais os fatores que dificultam / facilitam o processo de gestão social com cidadania deliberativa no objeto de estudo; (c) verificar a importância das ações e políticas sociais praticadas no TC-Norc no âmbito deste programa como instrumento de desenvolvimento regional. A metodologia escolhida para realizar o estudo procurou identificar a prática efetiva do conceito de gestão social com cidadania deliberativa no âmbito do TC-Norc, por meio de entrevistas com representantes das entidades da sociedade civil, poder público, integrantes do núcleo diretivo, núcleo técnico, setoriais e assessorias especializadas, bem como através da participação nos encontros realizados pelo programa e análise documental. O diagnóstico dos dados foi feito conforme matrizes de análise. As categorias estudadas são: configuração do poder do colegiado (ALLEBRANDT, 2002, 2010), autonomia (TENÓRIO et al, 2010) e efetividade da cidadania (TENÓRIO et al, 2010). Os resultados mostram que a ideia exposta nos documentos institucionais do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) é boa, porém é necessário agregar esforços para efetivamente colocá-la em prática e, desta forma, criar situações para que esta relação ocorra em prol do desenvolvimento da região. Assim, percebeu-se que, para o Governo Federal atingir seus objetivos através do programa Territórios da Cidadania, serão necessárias algumas mudanças, como aumento nos recursos destinados aos Territórios, investimento na capacitação dos indivíduos envolvidos no programa e, ainda, a criação de ações conjuntas com os demais ministérios. Aponta-se para a necessidade de valorizar a comunicação nos canais de ação do programa, preparar melhor as pessoas à participação e definir estratégias de maior envolvimento dos segmentos da sociedade chamados ao engajamento no Programa Território da Cidadania (PTC), valorizando a cidadania deliberativa e a gestão social do processo. Em suma, este espaço onde todos têm direito à fala, sem nenhum tipo de coação, ainda precisa ser melhorado, pois se percebeu que, apesar de os cidadãos terem momentos para trazer os anseios de seu meio, muitas vezes eles não são ouvidos. Para que a gestão social seja trabalhada no Território Noroeste Colonial, a autoridade decisória precisa realmente ser compartilhada entre os participantes da ação através do diálogo, caso contrário o cidadão se desmotivará a participar porque sente que não há transparência nas políticas públicas e passará a desacreditar o programa.
Description: 179 f.
URI: http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/1906
Date: 2013-12-13

Files in this item

Files Size Format View Description
Cristiele Tomm Deckert.pdf 2.557Mb PDF View/Open Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account