Panos e lençóis dando asas a imaginação. Materiais não Estruturados: minhas memórias de infância em práticas de Educação infantil

DSpace/Manakin Repository

Panos e lençóis dando asas a imaginação. Materiais não Estruturados: minhas memórias de infância em práticas de Educação infantil

Show full item record

Title: Panos e lençóis dando asas a imaginação. Materiais não Estruturados: minhas memórias de infância em práticas de Educação infantil
Author: Brendler, Maiara Krupp
Abstract: O presente estudo apresenta reflexões sobre a importância de materiais não estruturados na aprendizagem e desenvolvimento das crianças em idade de cinco anos a luz da teoria da escola Italiana Reggio Emília, narrada em seu livro O Espaço e o Tempo na Pedagogia em Participação por JULIA FORMOSINHO (2009), levando em conta a importância da imaginação das crianças. Em termos metodológicos, o trabalho tem caráter qualitativo e desenvolveu-se por meio da pesquisa ação, em razão de atuar pedagogicamente com o grupo foco, formado por crianças que frequentam uma Escola de Educação Infantil. Dessa forma, foi necessário observar as atitudes e reações das crianças durante o contato com estes materiais colocados em sala, algo totalmente novo para a realidade da turma, analisando as mudanças ocorridas no modo de brincar e estabelecer relações acerca das influências dessa prática no desenvolvimento pessoal da criança. Na perspectiva de aprofundar a temática pautei-me nas leituras de MARCIA GOBBI (2010), e uma nova concepção de criança, na perspectiva da DCNEI (BRASIL, 2009), bem como estudos de vários autores realizados nas escolas do Projeto de Assessoramento e Acompanhamento Pedagógico e Sistemas de Ensino na Implementação do PROINFANCIA (BRASIL, 2016) e de GILLES BROUGÈRE (2010), na pesquisa e compreensão do brinquedo como artefato cultural. Conclui que estes materiais, se usados de modo que as crianças possam ter autoria de suas brincadeiras, permite a concentração, e elaboração maior de suas ideias de criatividade, contribuindo também para a interação entre elas e a melhor resolução de seus conflitos. Esta experiência faz então com que ela se desenvolva seu papel de criança atuante e mais tarde adulto consciente e produtivo na sociedade. O presente trabalho parte da minha própria história de vida, pois a mesma se caracteriza como sendo uma das principais razões para acreditar que a infância, ou o tempo da criança, e a possibilidade de vive-lo como tal é imprescindível para seu desenvolvimento humano e suas aprendizagens. Neste contexto objetivando contextualizar o processo de pesquisa escrevo pautada nesta história pessoal as razões da escolha desta temática, enfatizando que a Educação Infantil é tempo/espaço da criança viver sua condição de criança possibilitando a construção de vivências com materiais desafiadores de aprendizagem num processo lúdico.
Description: 41 f.
URI: http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/4281
Date: 2017-07-25

Files in this item

Files Size Format View Description
Maiara Krupp Brendler.pdf 3.600Mb PDF View/Open Maiara Krupp Brendler.pdf

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account