Propriedades de silagem de aveia branca (Avena sativa): diferenciando cultivares, inoculantes e épocas de corte

DSpace/Manakin Repository

Propriedades de silagem de aveia branca (Avena sativa): diferenciando cultivares, inoculantes e épocas de corte

Show full item record

Title: Propriedades de silagem de aveia branca (Avena sativa): diferenciando cultivares, inoculantes e épocas de corte
Author: Coppetti, Tamara da Silva
Abstract: A atividade de leite e corte apresentam grande importância nas regiões agrícolas. Nos períodos de vazios forrageiros e para o fornecimento de energia, se fazem necessários o uso de alternativas de fornecimento de alimentos para os ruminantes. A silagem vem como uma opção para o uso como forragem armazenada em sistema anaeróbico de conservação. Uma possibilidade é a cultura da Aveia Branca (Avena sativa), que tem usos tradicionais, como: grãos para a alimentação humana, rações, cobertura do solo e pastejo. Entretanto, pouco estudada como silagem, assim como sua elaboração com diferentes inoculantes e momentos da confecção da silagem. O objetivo do presente trabalho foi analisar a qualidade bromatológica de silagem de aveia, a partir de cultivares com aptidões diferentes, associando o uso de inoculantes e em diferentes períodos de corte. O experimento foi realizado no Instituto Regional de Desenvolvimento Rural (IRDeR/DEAg/UNIJUÍ), no período de maio a dezembro de 2016. O Delineamento experimental foi inteiramente casualizado com duas repetições, em esquema tri fatorial 3 x 3 x 2, ou seja, três cultivares, três inoculantes e duas épocas de corte. O experimento avaliou as cultivares URS Tarimba, URS F-Flete e FUNDACEP Fapa 43. Os inoculantes utilizados foram Silobac®, Kerasil® e Biotrato®. Na testemunha não foi adicionado inoculante em todas as cultivares e épocas. Avaliou-se duas épocas de corte, sendo uma no grão leitoso e outra no grão duro. As amostras foram analisadas pelo método NIRS (Near-infrared spectroscopy) no laboratório de bromatologia da UNIJUÍ. Houve variação entre os fatores Cultivares x Inoculantes x Épocas de corte, nos diferentes caracteres ligados a qualidade bromatológica. As maiores diferenças ocorreram para as épocas da confecção da silagem. Todos inoculantes reduziram o teor do pH significativamente, sendo todos efetivos em relação a testemunha na primeira época. Em relação ao teor de proteína bruta as cultivares URS F-FLETE e FUNDACEP Fapa 43 apresentaram resultados superiores comparadas a cultivar URS Tarimba.
Description: 48 f.
URI: http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/4928
Date: 2018-04-13

Files in this item

Files Size Format View Description
Tamara da Silva Coppetti.pdf 1.093Mb PDF View/Open Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account