Análise das cadeias produtivas da agropecuária da Região Noroeste colonial e suas implicações no desenvolvimento regional

DSpace/Manakin Repository

Análise das cadeias produtivas da agropecuária da Região Noroeste colonial e suas implicações no desenvolvimento regional

Show full item record

Title: Análise das cadeias produtivas da agropecuária da Região Noroeste colonial e suas implicações no desenvolvimento regional
Author: Endl, Graciéli
Abstract: O presente estudo constitui-se em uma pesquisa a partir da investigação exploratória, descritiva e quantitativa. Tem como objetivo central a análise das cadeias produtivas da agropecuária na região Noroeste Colonial do estado do Rio Grande do Sul, examinando se as atividades agrícolas têm ou não implicações sobre o desenvolvimento regional, através de um levantamento de dados. A partir disso, o estudo embasou-se em referências teóricas de autores que já abordaram o assunto e que de alguma forma contribuíram para a análise da região, tendo como principal, as ideias de Douglass North. Em um segundo momento, pesquisou-se em uma perspectiva histórica a formação e constituição da região Noroeste Colonial, além de suas características socioeconômicas e desafios para o desenvolvimento. Em relação às cadeias produtivas da agropecuária verificaram-se as produções de grãos, leite e suíno, através de identificação de dados em um período de 1998 a 2017. Relacionado às evoluções de volume e importância das atividades, também, uma análise de quantidades produzidas e do número de estabelecimentos com agroindústrias rurais. Entretanto, examinaram-se as cadeias produtivas em uma lógica a montante e a jusante da produção, através de dados sobre vínculos empregatícios no período de 2013 a 2017, para verificar o grau de importância da agropecuária na formação de emprego e renda nos setores urbanos. Por fim, conclui-se que a região não é formada por uma cadeia produtiva, mas sim, por um complexo de cadeias produtivas que estão interligadas ao decorrer do sistema econômico. Além disso, na região se observa um maior cultivo de soja e leite, sendo estes os principais formadores de renda e emprego. Como um todo, a região Noroeste Colonial apresenta sua base econômica essencialmente agrícola, sendo esta a maior responsável pela renda gerada nas áreas rurais e por quase metade de todos os vínculos empregatícios da região em áreas urbanas. Desta forma, se observa que é através das cadeias produtivas da agropecuária que se alcança o desenvolvimento regional na região estudada.
Description: 93 f.
URI: http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/5789
Date: 2019-03-06

Files in this item

Files Size Format View Description
Graciéli Endl.pdf 1.129Mb PDF View/Open Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account