A combinação ajustada da densidade de semeadura com a época de fornecimento do nitrogênio sobre os indicadores de produtividade e qualidade de grãos de aveia

DSpace/Manakin Repository

A combinação ajustada da densidade de semeadura com a época de fornecimento do nitrogênio sobre os indicadores de produtividade e qualidade de grãos de aveia

Show full item record

Title: A combinação ajustada da densidade de semeadura com a época de fornecimento do nitrogênio sobre os indicadores de produtividade e qualidade de grãos de aveia
Author: Bandeira, Luiz Michel
Abstract: A aveia branca (Avena sativa L.) é um cereal de diversos propósitos, pois é utilizada para cobertura de solo, rotação de cultura, alimentação animal, produção de grãos e alimentação humana. O aumento dos indicadores de produtividade e qualidade da aveia está se tornando cada vez mais necessário, devido os benefícios que a cultura proporciona. Porém, como consequência, os produtores precisam investir cada dia mais em técnicas de manejo mais aprimoradas, para buscar sempre o maior ganho de produção com qualidade dos grãos. A densidade de semeadura de aveia maior que a recomendada pode aumentar a produtividade de grãos e diminuir o número de inflorescências de azevém, sem alterar a qualidade química dos grãos, com a aplicação da dose cheia do nitrogênio no estágio fenológico V4. O objetivo do trabalho é propor uma densidade de semeadura ajustada para a aplicação da dose cheia de nitrogênio realizada no estágio fenológico V4, com aumento da produtividade de grãos, redução do número de inflorescências de azevém, sem alterar a qualidade química de grãos de aveia. O estudo foi desenvolvido na área experimental do Instituto Regional de Desenvolvimento Rural (IRDeR), pertencente ao Departamento de Estudos Agrários (DEAg) da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), com delineamento experimental de blocos casualizados com quatro repetições, seguindo um esquema fatorial 3x4, sendo três condições de aplicação de nitrogênio (V4 (dose cheia); V4/V6 (fracionado 70% em V4 e 30% em V6) e V4/R1 (fracionado 70% em V4 e 30% em R1). A dose cheia, aplicada em V4 se deu com a aplicação de 70 kg N ha-1. As densidades de semeadura foram de 100, 300, 600 e 900 sementes viáveis m-². O trabalho foi desenvolvido nos anos de 2015, 2016 e 2017. A aplicação de nitrogênio realizada no estágio fenológico V4, com a dose cheia, promove maior produtividade de grãos e palha, sem alterar a proteína e fibra bruta, independente de ano agrícola. Portanto, implicando em maior economia de uma nova entrada na lavoura, reduzindo o custo com combustível e tempo demandado ao produtor. O aumento da densidade de semeadura tende a aumentar a produtividade de grãos e palha, de diminuir o número de inflorescências de azevém, porém, aumentar o acamamento das plantas, fator indesejado na lavoura. A densidade de semeadura ajustada de 490 sementes viáveis m-2 é a considerada ideal quando se aplica a dose cheia do nitrogênio no estágio fenológico V4, para a região noroeste do estado do Rio Grande do Sul. Também, não altera a qualidade química dos grãos de aveia, e diminui o número de inflorescências de azevém.
Description: 36 f.
URI: http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/6373
Date: 2019-11-07

Files in this item

Files Size Format View Description
Luiz Michel Bandeira.pdf 1.471Mb PDF View/Open Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account