Com quantos bonecos se faz o brincar da criança contemporânea?

Show simple item record

dc.contributor.author Bandeira, Naiara Aline
dc.date.accessioned 2014-03-18T11:44:25Z
dc.date.available 2013
dc.date.available 2014-03-18T11:44:25Z
dc.date.issued 2014-03-18
dc.identifier.uri http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/2122
dc.description 54 f. pt_BR
dc.description.abstract Este trabalho tece algumas considerações acerca do brincar na infância. Através do estudo de autores clássicos e contemporâneos da Psicanálise freudo-lacaniana retoma a constituição psíquica do sujeito através do desdobramento de conceitos fundamentais à subjetivação humana. Refere-se ao brincar como atividade psíquica fundante do sujeito, não apenas como algo que a criança faz para se entreter ou ocupar o seu tempo, mas como um árduo trabalho de constituição psíquica. Analisa o brincar contemporâneo, considerando que as crianças não têm, hoje, o mesmo “interesse” por brinquedos tradicionais como bonecas, carros ou bolas e pelas brincadeiras populares como correr e pular corda. A interrogação que se produz é se atualmente o brincar se apresenta de outra forma. Assim, na tentativa de uma conclusão, traz uma questão fundamental quanto ao trabalho metafórico produzido através do brincar: mesmo diante de tais transformações no social, ainda se faz o jogo metafórico na cena do brincar? pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Brincar pt_BR
dc.subject Infância pt_BR
dc.subject Sujeito pt_BR
dc.subject Sintoma pt_BR
dc.subject Psicanálise pt_BR
dc.subject Psicologia pt_BR
dc.subject Ciências humanas pt_BR
dc.title Com quantos bonecos se faz o brincar da criança contemporânea? pt_BR
dc.type TCC pt_BR
mtd2-br.advisor.instituation Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul pt_BR
mtd2-br.advisor.name Dias, Ana Maria de Souza


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account