Processo de decisão e formação de estratégias em instituições de ensino superior

Show simple item record

dc.contributor.author Worma, Lucia
dc.date.accessioned 2015-05-08T13:31:04Z
dc.date.available 2014
dc.date.available 2015-05-08T13:31:04Z
dc.date.issued 2015-05-08
dc.identifier.uri http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/2815
dc.description 155 f. pt_BR
dc.description.abstract O presente estudo tem como objetivo geral compreender o processo de tomada de decisão e de formação estratégica no ambiente universitário em instituições de natureza pública, comunitária e privada a partir do modelo dos Três Níveis de Tomada de Decisão em Universidades proposto por Hardy e Fachin (2000). Com os objetivos buscou-se identificar os níveis de tomada de decisões no ambiente das Instituições de Ensino Superior (IES) e a forma como o poder se articula e influência no processo decisório e na formação de estratégicas nas três IES pesquisadas, também se procurou verificar a participação e o comprometimento dos atores no processo decisório num sistema de gestão autogerido, característica das IES entendidas como organizações profissionais e investigar a existência de semelhanças e diferenças no processo decisório e de formação estratégicas nas universidades pesquisadas em função das especificidades das mesmas. Para obtenção do alcance dos objetivos, foram elaboradas nove hipóteses, oito destas se confirmaram e apenas uma confirmou-se e refutou-se parcialmente. Esta pesquisa classifica-se como exploratória e descritiva com abordagem qualitativa e foi realizada em três Instituições de Ensino Superior no Estado de Santa Catarina que se caracterizam como Pública Municipal, Comunitária e Privada. Foram selecionados três grupos de pessoas para participar do estudo: reitoria, coordenações e professores que atuavam no momento da pesquisa nestes enquadramentos funcionais totalizando um número de 55 pessoas. A coleta dos dados ocorreu entre os meses de junho a dezembro de 2013. Os resultados da análise indicaram que se tratando de instituições que compreendem a mesma configuração enquanto organizações profissionais se constituem com diferenças e semelhanças marcantes entre elas. Na análise sobre os três níveis de decisões propostos por Hardy e Fachin (2000), as IES Pública Municipal e Comunitária estiveram mais próximas entre ambas, tanto na forma como as decisões se processam, quanto na formação de estratégias, enquanto a IES Privada se diferenciou acentuadamente em relação às outras duas. Em relação às articulações do poder, a participação e o comprometimento dos atores no processo decisório num sistema de gestão autogerido, característica das IES constatou-se que na IES Pública Municipal o poder emana da força politica pela intensa participação dos atores, na IES Comunitária a fonte do poder se origina por processos que combinam de um lado forças do poder politico e de outro, forças do poder por administrativo, já na IES privada a força de onde emana o poder está totalmente concentrada em um poder centralizador e a participação dos atores no processo é basicamente neutralizada. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Ciências Sociais Aplicadas pt_BR
dc.subject Desenvolvimento pt_BR
dc.subject Administração pt_BR
dc.subject Instituição de Ensino Superior pt_BR
dc.subject Processo decisório pt_BR
dc.subject Formação de estratégias pt_BR
dc.title Processo de decisão e formação de estratégias em instituições de ensino superior pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR
mtd2-br.advisor.instituation Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul pt_BR
mtd2-br.advisor.name Sausen, Jorge Oneide


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account