Avaliação laboratorial da utilização do resíduo (areias) de fundição no concreto asfáltico convencional

Show simple item record

dc.contributor.author Garcia, Emmanuelle Stefânia Holdefer
dc.date.accessioned 2015-09-23T23:15:05Z
dc.date.available 2015-09-23
dc.date.available 2015-09-23T23:15:05Z
dc.date.issued 2015-09-23
dc.identifier.uri http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/2941
dc.description 114 f. pt_BR
dc.description.abstract Areias constituem o principal resíduo de empresas de fundição, visto são com elas que são feitos todos os moldes das peças fundidas produzidas, dependendo do porte da empresa por dia ela chega a produzir toneladas de resíduos, que precisam ser depositados em algum lugar seguro onde não ocorram problemas com contaminações de qualquer espécie. Apresenta-se como proposta de reutilização deste resíduo sua incorporação ao concreto asfáltico convencional moldado a quente (CBUQ) na proporção de 5% da massa total de moldagem. A caracterização granulométrica deste trabalho seguiu normativas brasileiras para pavimentos flexíveis e apresentou bons resultados quanto a incorporação de apenas 5% de resíduo, as curvas granulométricas foram estabilizadas para a faixa C e as misturas ficam com as mesmas porcentagens para todos os materiais, ou seja, 15% de brita ¾”; 29% de brita 3/8”; 50% de pó de pedra; 1% de cal calcítica e 5% de cada areia em análise (macharia, areia verde, IMF e pó do exaustor). Estas misturas foram separadas por tipo de areia introduzida e receberam nomes diferentes para serem facilmente identificadas (AMA, AIMF, AV e APÓ). Após caracterização estas misturas foram moldadas através da metodologia Marshall e seus parâmetros mecânicos analisados, todas apresentaram estabilidade e fluência dentro dos exigíveis e adotou-se então como padrão teor de ligante de projeto em 4,5%, tomando-se como referencia o volume de vazios fixo em 4%. As misturas foram submetidas a ensaios de resistência onde cada uma comportou-se de maneira diferente, tendo um tipo de areia ótimo resultado em um ensaio, porém, decréscimo em outro, percebendo isto, decidiu-se que para que a conclusão sobre a areia com os melhores resultados fosse mais precisa deveria realizar-se uma análise estatística de seus dados através de variância e do método da ANOVA, desta forma os dados poderiam se completar e a definição sobre as areias mais completa. Todos estes ensaios foram realizados seguindo recomendações de normativas brasileiras e por isso, possuem veracidade em sua decisão e repetitividade caso haja interesse. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Engenharias pt_BR
dc.subject Engenharia civil pt_BR
dc.subject Reutilização pt_BR
dc.subject Resíduos pt_BR
dc.subject Areia de fundição pt_BR
dc.subject Concreto asfáltico pt_BR
dc.title Avaliação laboratorial da utilização do resíduo (areias) de fundição no concreto asfáltico convencional pt_BR
dc.type TCC pt_BR
mtd2-br.advisor.instituation Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul pt_BR
mtd2-br.advisor.name Echeverria, José Antônio Santana


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account