Sustentabilidade e capitalismo: contradições do modelo de desenvolvimento

Show simple item record

dc.contributor.author Heineck, Willian Matheus
dc.date.accessioned 2016-06-03T18:34:59Z
dc.date.available 2015
dc.date.available 2016-06-03T18:34:59Z
dc.date.issued 2016-06-03
dc.identifier.uri http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/3444
dc.description 61 f. pt_BR
dc.description.abstract O trabalho apresenta uma discussão sobre as contradições do modelo capitalista de desenvolvimento fundamentado no consumo e o desenvolvimento sustentável, especialmente na perspectiva da qualidade de vida e da dignidade humana. Reflete-se sobre a difícil tarefa de promover mudanças na maneira assumida pelas sociedades contemporâneas, de enxergar a vida e a própria crise ambiental, sendo esta mera consequência do processo de degradação dos valores sociais, éticos e morais do ser humano. A transformação do indivíduo em objeto, ou peça no jogo do capitalismo, com a dupla função de produzir e consumir, afastando-o dos valores fundamentais para a vida em sociedade, adotando um estilo de vida fundamentado pelo ter, e não mais o ser. Uma das consequências desta degradação humana, como já dito, é a exploração descontrolada e desenfreada das riquezas naturais, promovendo significativos impactos no Meio Ambiente. Neste sentido o próprio ambiente é convertido em objeto de consumo e exploração, oferecendo matéria prima para a produção e consumo de bens. Em tal contexto a sustentabilidade afronta o modelo de desenvolvimento proposto pelo sistema capitalista. A mudança do modelo de desenvolvimento que se que se busca, requer uma mudança de postura do ser humano em relação a si mesmo e em suas relações intersubjetivas, com valores morais mínimos para a convivência humana, capaz de tornar possível uma sociedade com consciência de sua responsabilidade de que viver bem significa garantia a sustentabilidade. Buscar estas mudanças representa nadar contra uma forte corrente. A busca do desenvolvimento sustentável no âmbito ambiental requer a efetivação de valores, com justiça social. O ser humano que promove degradação ambiental com seu estilo da vida, poderá reinventar o seu modo de pensar, viver e até mesmo consumir. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Ciências Sociais Aplicadas pt_BR
dc.subject Direito pt_BR
dc.subject Desenvolvimento sustentável pt_BR
dc.subject Capitalismo pt_BR
dc.subject Moral pt_BR
dc.subject Ética pt_BR
dc.title Sustentabilidade e capitalismo: contradições do modelo de desenvolvimento pt_BR
dc.type TCC pt_BR
mtd2-br.advisor.instituation Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul pt_BR
mtd2-br.advisor.name Cenci, Daniel Rubens


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account