O superendividamento e a dignidade da pessoa humana: a realidade do consumidor e a necessidade de sua regulação para a garantia do mínimo existencial

Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account