Grupos de mulheres do meio rural: espaço educativo e de cuidado de si

Show simple item record

dc.contributor.author Busnello, Maristela Borin
dc.date.accessioned 2018-05-07T18:22:50Z
dc.date.available 2014
dc.date.available 2018-05-07T18:22:50Z
dc.date.issued 2018-05-07
dc.identifier.uri http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/4959
dc.description 126 f. pt_BR
dc.description.abstract Os grupos de mulheres do meio rural se constituem em espaço de educação não formal e em sua organização se desenvolvem práticas educativas. Considerando este contexto, nesta tese de doutorado busco estudar de que forma os grupos de mulheres vinculados a um projeto de educação-extensão no meio rural, produzem espaço educativo e de cuidado. Apresento os elementos teóricos que situam a tese na confluência temática do debate sobre a saúde, a alimentação e a educação. Contextualizo o debate a respeito da saúde, a sua promoção e a educação nos espaços grupais, visualizando estes espaços como conformadores de práticas e potencializadores de mudança. Trago, ainda, elementos conceituais sobre a alimentação e a nutrição como categorias consideradas nas ações e práticas educativas. Tendo presente estes elementos, amparada nos pressupostos de Freire e da educação popular em saúde, investiguei como ocorrem as práticas educativas em um grupo de mulheres vinculado a um projeto de educação-extensão no meio rural de Ijuí. Na pesquisa participante utilizei diferentes estratégias para aproximação ao campo empírico. Além da observação participante junto ao grupo e registros no caderno de campo, desenvolvi um grupo focal e entrevistei os educadores envolvidos nas ações do projeto. A partir destas análises, defendo a compreensão de que os espaços grupais são espaços educativos onde convivem diferentes compreensões de educação. Quando o grupo considera e utiliza estratégias participativas, o diálogo e as realidades vivenciadas por cada uma das mulheressujeito do grupo pode-se alcançar empoderamento e provocar mudança. Aponto ainda, que, por ser espaço de encontro e de vivência, no grupo se estabelecem laços de solidariedade os quais potencializam o cuidado de si. Identificam-se entre as mulheres do grupo o pertencimento e a mobilização para “estar” neste local e se constituírem-se como sujeitos com identidade. Identifico ainda que o espaço grupal tal qual o vivenciado pelos grupos de mulheres, pode se manter como espaço de resistência ao cotidiano conformador e se constituir em espaço de esperança ao alcance de outros modos de pensar/fazer as relações com a produção de alimentos e a alimentação, com a vida de modo mais digno e responsável. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Ciências humanas pt_BR
dc.subject Educação nas ciências pt_BR
dc.subject Educação Popular pt_BR
dc.subject Grupos Educativos pt_BR
dc.subject Educação pt_BR
dc.subject Movimentos Sociais pt_BR
dc.subject Grupos de Mulheres pt_BR
dc.title Grupos de mulheres do meio rural: espaço educativo e de cuidado de si pt_BR
dc.type Tese pt_BR
mtd2-br.advisor.instituation Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul pt_BR
mtd2-br.advisor.name Frantz, Walter


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account