O cenário social e a teia de conceitos (de)marcadores da formação do profissional em produção cultural: desafios ao curriculo de graduação

Show simple item record

dc.contributor.author Terra, Elisa Lubeck
dc.date.accessioned 2018-05-08T19:45:38Z
dc.date.available 2016
dc.date.available 2018-05-08T19:45:38Z
dc.date.issued 2018-05-08
dc.identifier.uri http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/5010
dc.description 168 f. pt_BR
dc.description.abstract A presente pesquisa tem por objetivo compreender os processos de formação e profissionalização no campo da cultura, em especial sobre as relações e interações com o cenário social contemporâneo na organização e implantação de currículos de graduação em produção cultural. Visto que os currículos dos cursos são (de)marcados pela constante interação com o cenário social em que emerge uma nova perspectiva da cultura, interligada com os processos de desenvolvimento econômico, político e social, delimitou-se o contexto de atuação dos profissionais de produção cultural, observando o que é essencial na formação a fim de estabelecer um perfil adequado para atuação no sistema de organização da cultura - um perfil que valorize e desenvolva a autonomia dos sujeitos. Como estratégia de pesquisa, adotei o estudo de caso (GIL, 2010) e a análise textual discursiva de Moraes e Galiazzi (2011), além de acionar diferentes instrumentos de investigação (pesquisa documental, pesquisa bibliográfica, contato telefônico, visitas, entrevistas) que serviram como base para a análise das matrizes curriculares dos cursos de graduação. Os resultados apontaram que a sociedade contemporânea exige outros modos de gerir a cultura e comunicá-la, utilizando-se das indústrias audiovisuais e das redes digitais, expressos em diferentes perfis profissionais de produtores culturais. Os profissionais devem ter um perfil multidisciplinar, capaz de trabalhar com a incerteza, reposicionando-se no debate sobre a cultura, a alteridade, a identidade, a cidadania, a diversidade e a interculturalidade. Ainda: a organização das matrizes curriculares dos cursos é dinâmica, em constante revisão frente aos novos arranjos produtivos da cultura, mantendo a característica multidisciplinar, resultante da complexificação do mercado cultural, a fim de garantir a formação profissional que garanta o reconhecimento efetivo no campo de trabalho. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Ciências humanas pt_BR
dc.subject Educação nas ciências pt_BR
dc.subject Cultura pt_BR
dc.subject Currículo pt_BR
dc.subject Educação pt_BR
dc.subject Formação acadêmico-profissional pt_BR
dc.subject Produção cultural pt_BR
dc.title O cenário social e a teia de conceitos (de)marcadores da formação do profissional em produção cultural: desafios ao curriculo de graduação pt_BR
dc.type Tese pt_BR
mtd2-br.advisor.instituation Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul pt_BR
mtd2-br.advisor.name Pansera-de- Araújo, Maria Cristina


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account