Diretrizes de atenção à pessoa amputada

Show simple item record

dc.contributor.author BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas.
dc.date.accessioned 2018-10-29T22:03:07Z
dc.date.available 2013
dc.date.available 2018-10-29T22:03:07Z
dc.date.issued 2018-10-29
dc.identifier.uri http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/5423
dc.description 37 p. pt_BR
dc.description.abstract Amputação é o termo utilizado para definir a retirada total ou parcial de um membro, sendo este um método de tratamento para diversas doenças. É importante salientar que a amputação deve ser sempre encarada dentro de um contexto geral de tratamento e não como a sua única parte, cujo intuito é prover uma melhora da qualidade de vida do paciente. A cirurgia de amputação tem por objetivo retirar o membro acometido e criar novas perspectivas para a melhora da função da região amputada. O cirurgião deve ter em mente que, ao amputar um segmento corporal do paciente, estará criando um novo órgão de contato com o meio exterior, o coto de amputação, e deverá planejar a estratégia cirúrgica antevendo um determinado processo de reabilitação. A reabilitação deverá contar com uma equipe multiprofissional que pode ser composta, por exemplo, por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e psicólogos. O projeto terapêutico do paciente deve ser pactuado dentro da equipe multiprofissional, objetivando garantir uma atenção integral e evitando a existência de condutas conflituosas. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Ciências da saúde pt_BR
dc.subject Amputação pt_BR
dc.subject Políticas públicas pt_BR
dc.subject Saúde pública pt_BR
dc.title Diretrizes de atenção à pessoa amputada pt_BR
dc.type Livro pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account