Estudo das propriedades da argamassa de revestimento utilizando resíduos provenientes da recapagem de pneu como substituição parcial da areia

Show simple item record

dc.contributor.author Viecili, Stéfano Zuriel Buratti
dc.date.accessioned 2020-11-03T15:07:23Z
dc.date.available 2020-07-21
dc.date.available 2020-11-03T15:07:23Z
dc.date.issued 2020-11-03
dc.identifier.uri https://bibliodigital.unijui.edu.br:8443/xmlui/handle/123456789/6948
dc.description 83 f. pt_BR
dc.description.abstract Este trabalho tem como proposta realizar um estudo das propriedades da argamassa de revestimento com substituição parcial da areia pelo pó da borracha. Partindo da ideia que a construção civil é um dos maiores geradores de resíduos para o meio ambiente, é necessário buscar alternativas sustentáveis para reutilização de materiais que são descartados indevidamente. Com isto, o presente projeto busca analisar o uso da borracha do pneu como agregado miúdo da argamassa. O pneu é um dos principais resíduos sólidos descartados indevidamente, com maior tempo de decomposição; pensando nisto, a utilização da borracha na construção civil diminuiria os impactos ambientais e ainda traria aspectos significativos na argamassa, como função isolante e alta durabilidade. Em um primeiro momento será apresentado um breve resgate sobre o meio ambiente e sustentabilidade, pensando no descarte indevido dos resíduos sólidos; assim como um breve histórico dos componentes utilizados na argamassa, elencando as principais características tanto no estado fresco quanto no endurecido, fazendo um elo com o estudo sobre as borrachas de pneus utilizados em compostos cimentícios. Posteriormente, será apresentado o delineamento da pesquisa, as características dos materiais e os métodos utilizados para realização dos ensaios. Para concluir, os resultados obtidos serão expostos através de gráficos, sendo discutidos e justificados através de referenciais bibliográficos. Com base nessas premissas, foram produzidas argamassas compostas essencialmente por cimento, cal, areia e água no traço 1.1.4, com substituições parciais da areia pelo pó da borracha do pneu nos teores 5% e 10% buscando analisar seu comportamento reológico e desempenho mecânico. No estado fresco verificou-se a consistência e sua perda ao longo do tempo, enquanto no estado endurecido analisou-se os ensaios de resistência a compressão, resistência a tração na flexão, absorção por capilaridade e carbonatação, através de corpos de provas moldados e ensaiados com períodos de cura de 7, 14 e 28 dias. Ainda nesse estado e utilizando placas de substrato padrão, foi possível determinar a resistência de aderência da argamassa, frente ao ensaio de arranchamento. Com o conhecimento dos resultados foi possível perceber que as argamassas com substituição parcial do pó da borracha foi benéfica para os ensaios de capilaridade e carbonatação, podendo ter resultados satisfatórios caso for aplicada em argamassa de assentamento ou emboço. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.relation.ispartofseries Monografia;
dc.subject Engenharias pt_BR
dc.subject Engenharia Civil pt_BR
dc.subject Construção civil pt_BR
dc.subject Sustentabilidade pt_BR
dc.subject Argamassa e pó de borracha pt_BR
dc.title Estudo das propriedades da argamassa de revestimento utilizando resíduos provenientes da recapagem de pneu como substituição parcial da areia pt_BR
dc.type Monografia pt_BR
mtd2-br.advisor.instituation Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul pt_BR
mtd2-br.advisor.name Krug, Lucas Fernando


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account